Veni Azevedo

Osteopatia

 
 

OSTEOPATIA

 

A osteopatia é um método de tratamento manual que trata as disfunções do nosso corpo como músculos, tendões, articulações, vísceras, fáscias e outras estruturas. Esta técnica foi criada por um médico americano, Dr. Andrew Tayllor Still no século XIX. A osteopatia está baseada no conhecimento da anatomia, fisiologia e nos movimentos do corpo.

O diagnóstico osteopático tem a finalidade de identificar as causas do problema e não somente os sintomas causados por:

  • Má postura, principalmente no trabalho;

  • Movimentos repetitivos;

  • Dormir em postura errada;

  • Carregar bolsas e sacolas de um só lado do corpo, e outros fatores que podem causar dor.

  • As técnicas utilizadas pela osteopatia se diferenciam de paciente para paciente, respeitando algumas particularidades de cada pessoa, como idade, resistência e condição física.

O tratamento osteopático busca uma resposta rápida e segura, eliminando e diminuindo os sintomas de dor, buscando qualidade de vida através do equilíbrio corporal.

 
 
Fotos_osteopatia_01.jpg

porque nos procurar:

  • Dores na coluna (lombalgias , cervicalgias e dorsalgias);

  • Hérnias de disco;

  • Ciáticas;

  • Torcicolos;

  • Pubalgias;

  • Dores nos ombros, cervicobraquialgia, tendinites, bursites;

  • Dores de cabeça e enxaquecas;

  • Torções no tornozelo;

  • Fibromialgia e dores crônicas ;

  • Dor na articulação Temporomandibular (ATM);

  • Artrite, artrose;

  • Dores no quadril;

  • Dores nos joelhos.

Dor não é um estado normal do ser humano. É um alerta do organismo de que algo está errado. Por isso é necessário procurar ajuda.

 

Osteopatia para bebês:

Após o nascimento, mesmo quando tudo ocorre na mais perfeita ordem, o bebê acaba passando por algumas situações desagradáveis. A saída do conforto em que se encontrava até então, por exemplo, pode causar algumas pressões craniais. Nesse momento, os ossos do crânio vão ligeiramente deformar-se e modelar-se para permitir a passagem do bebê pelo canal vaginal, voltando ao seu normal após o primeiro choro.

Porém, se o parto foi demasiado rápido, muito longo, traumatizante (com fórceps ou ventosas) ou com apoio prolongado na barriga da mãe, estas situações podem provocar tensões a nível do crânio do bebê. Essas tensões podem ocasionar dores de cabeça, torcicolos, deformações cranianas ou lesar a língua – originando problemas na alimentação, regurgitações ou cólicas. Além disso, diversos estudos mostram que as deformações cranianas do recém-nascido são a origem da escolioses na adolescência.

A osteopatia pediátrica trata dessas tensões cefálicas com técnicas manuais suaves, chamadas técnicas cranianas, funcionais e sacro-cranianas. Proporciona também inúmeros benefícios ao desenvolvimento neuropsicomotor das crianças. Trabalhando sobre os ossos, músculos, tendões, vísceras e estruturas cranianas, atua sobre o crescimento anormal dessas estruturas e sobre as limitações de mobilidade, prevenindo possíveis alterações como: torcicolo congênito, irritabilidade, cólicas, hérnias de hiato, refluxo, dificuldades no sono, renites, entre outros.

 
 
FBSJ7924.jpg

Osteopatia em Blumenau

O trabalho em conjunto com a tecnologia nos possibilita a obtenção de resultados ainda mais expressivos nos diferentes tratamentos, como o caso da maca de flexão-distração especialmente desenvolvida para auxiliar o tratamento da hérnia de disco. Os movimentos da maca permitem a descompressão dos discos intervertebrais e o retorno da estrutura da região ao seu posicionamento normal.

Benefícios do uso da maca:

  • mais segurança ao tratamento;

  • movimentos controlados para cada tipo de hérnia;

  • lombalgias: dor na musculatura, por contratura muscular por mau jeito, falta de suporte muscular, dentre outros;

  • dor na cervical.